Discurso Direto



Uma Staff Training Week na Universidad de Granada

DD

A Universidad de Granada acolheu mais uma Staff Training Week em ambiente Erasmus, na qual participei no âmbito da mobilidade de pessoal não docente prevista neste programa. Desta iniciativa, com profundo interesse académico, trouxe uma experiência cultural e social, num ponto de convergência transfronteiras, onde emergiu um dialecto próprio e comum a todos.

À ida
Aeroporto da Portela, cartão de embarque com destino a Granada e uma escala de cerca de 4h em Madrid.
Dois voos no mesmo dia: duas descolagens e duas aterragens, como se apenas uma de cada não fosse suficiente para relembrar a relevância que Sir Isaac Newton tem no dia-a-dia.
O tempo esgota-se nas viagens e termina no hotel, bem localizado e no centro da teia de trajectos a que os 5 dias subsequentes irão obrigar.

1º dia
Sessão inaugural na Sala de Conferências Triunfo, sob a temática das boas-vindas à Universidade de Granada e que em muito ultrapassa quaisquer expectativas.
Fomenta-se e cultiva-se, não apenas a permuta de experiências e perspectivas profissionais mas o entrosamento cultural e a percepção da sociedade, transformando cada um dos participantes no guia privilegiado do país que representa e, em simultâneo, turista nas demais nações presentes.

2º dia
Ainda que sempre pautados por boa disposição e leveza, os 3 dias seguintes são de reuniões, apresentações, diálogo e discussão, questões e respostas, sugestões e propostas, partilha de visões e objectivos estratégicos, tão diferentes e tão semelhantes, em simultâneo.
No âmbito dos Sistemas de Informação, fala-se de tecnologia, de software, de hardware, de suporte ao sistema e ao utilizador, ao docente e ao discente, de redes, de bases de dados, de boas práticas, de macro e micro sistemas, de desenvolvimento interno e “à medida” ou de outsourcing a vários níveis.
Fala-se de e-learning, fala-se de Moodle e, seguramente, fala-se do papel da Universidade Aberta nessa área, do pioneirismo da instituição, da experiência já adquirida e das possibilidades de partilha de conhecimento com os seus parceiros do velho continente.
Abrem-se canais directos de comunicação, celebram-se contractos verbais de contactos futuros e reencontros, imediatos ou nem tanto, mas certos quanto ao seu lugar no tempo.

Último dia

O regresso à Sala de Conferências Triunfo, para a sessão de encerramento da semana de trabalho, já se faz com alguma nostalgia. As pontes criadas, ao longo dos 5 dias de duração da Staff Training Week, transcendem o elo profissional, como seria expectável num contexto de insularidade geográfica potenciador da geração de novas amizades profissionais e pessoais.

No regresso
Novamente na Portela, após uma maratona de 12h, entre mais dois voos e tempos de espera.
Como nota final desta iniciativa, ficou uma extraordinária experiência de diversidade, comunhão, esbatimento das fronteiras, edificação das pontes.
A Pangeia renasce, por ora apenas no continente europeu e no seio académico. Mas outros se lhe juntarão.

Dr. Bruno Tavares
Universidade Aberta




Mais notícias...

Candidaturas a licenciaturas até 14.11
Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Digitais
IV Encontro de Instituições e Unidades de eLearning do ES
Formação de Professores através de MOOCs
UAb coopera com Politécnico de Castelo Branco
II Congresso Internacional (DES) CORTESIA
A Escola do Estado Novo: exposição e conferência
UAb terá novo CLA no Pico (Açores)

Ver Newsletter

 © Universidade Aberta 2008    Otimizado para: Resolução 1024x768 / Internet Explorer 7 / Firefox 3