Discurso Direto



Teaching Programme ERASMUS + na NTUA - Grécia em 2015

DD

Após ter realizado com sucesso missões Erasmus em várias universidades na última década, em 2015 teve início a colaboração da Universidade Aberta com a National Technical University of Athens-NTUA, em Atenas-Grécia, e a minha primeira missão ocorreu no período de 25 de junho a 1 de julho.

Ter tido o privilégio de conhecer a professora Chrys Caroni em Atenas foi o primeiro passo para a concretização deste programa, seguido de várias participações em encontros científicos em Portugal, em Espanha e na Grécia. Esta oportunidade foi gentilmente proporcionada pelo Professor Christos Kitsos da TEI-Technological Educational Institute of Athens, com que temos em vigor há vários anos o programa Erasmus e que, sabendo das áreas científicas e académicas de interesse comum, convidou a Professora Chrys Caroni a assistir aos encontros científicos que organizámos.

A viagem para Atenas no dia 25 de junho foi longa, com escala em Istambul, o único voo com preço razoável na altura da missão. Aproveitei o tempo para reforçar a agenda, rever os tópicos fundamentais a apresentar e provar o lokum e as baklavas no aeroporto Ataturk.
A chegada a Atenas ao Aeroporto Internacional Eleftherios Venizelos é sempre um momento mágico e uma grande alegria, para mim sempre um destino de eleição. Fui muitíssimo bem recebida pelos Professores Christos Kitsos e Chrys Caroni, que me levaram ao centro da cidade a jantar delícias gregas, a famosa Mousaka, salada grega, Fried Kalamari, fava e horta, sem faltar o Sadziki e a bebida típica - Ouzo (mini, claro!) bem fresquinho.
No dia seguinte de manhã partimos para as instalações da NTUA, que são um pouco fora do centro e não têm propriamente acesso fácil (mesmo para os habitantes locais). Digamos que “vimo-nos gregos para chegar...”, muitas obras, mudanças de sentido nas ruas, muito trânsito... Mas chegámos perto das 9h, bem a tempo de um cafezinho grego e de iniciar a apresentação do Seminário intitulado "Balanced Incomplete Block Designs (BIBD): Addressing challenges, links and applications".



A NTUA tem excelentes instalações, vários edifícios modernos distribuídos por um Campus gigantesco e, numa primeira impressão, sobressai a componente de “rebeldia” gritante e presente nas paredes dos pátios em forma de grafiti.

A audiência do Seminário foi composta por colegas, alunos de mestrado e de doutoramento – alguns destes desenvolvendo dissertações nesta área, pelo que a discussão proporcionada foi extremamente interessante e o contacto com alguns desses alunos tem sido regular desde essa altura. São jovens empenhados, atentos, participativos e com forte espírito grego liderado pela procura do conhecimento e saber intrinsecamente ligado à componente filosófica da vida.


 
Ao longo da semana fui conhecendo vários docentes e investigadores da NTUA, bem como alguns visitantes da mesma nesse período, tendo sido uma experiência muito rica tanto do ponto de vista académico como científico e pessoal. Os dias seguintes foram destinados a reuniões com grupos de estudo tendo sido discutidas e partilhadas temáticas, sugestões e propostas de colaboração entre as duas instituições, nomeadamente com ênfase no ensino online, ainda não praticado na NTUA e cuja lacuna poderemos ajudar a colmatar. Foi apresentado o modelo virtual da Universidade Aberta, bem como a plataforma moodle, referindo as boas práticas e resultados de sucesso obtidos com recurso ao ensino online, liberto de restrições temporais e espaciais. Discutiram-se principalmente parcerias e colaborações a estabelecer futuramente no âmbito dos Mestrados e Doutoramentos oferecidos na área da Matemática.

No último dia, a despedida e a partida foram pautadas pela emoção e pela esperança de uma colaboração bastante forte entre as instituições e respetivos docentes, colaboradores e alunos. De referir que na sequência desta missão recebemos a retribuição da visita por parte da Professora Chrys Caroni, com uma missão de ensino na Universidade Aberta em Lisboa, no período de 22 a 26 de setembro. Para além de várias reuniões de trabalho foi oferecido presencialmente e em streaming um curso aberto intitulado “Introduction to Lifetime Data Analysis”, ministrado pela Professora Chrys Caroni, destinado sobretudo a alunos de mestrado e de doutoramento da UAb.

Não posso terminar este testemunho da viagem sem enquadramento histórico e sem comentar a situação com que me deparei na Grécia, numa só palavra: surpreendente!
Apesar de toda a crise económica e da semana em causa ter sido particularmente complicada, fui surpreendida: pelo carisma e modo civilizado com que, calma e ordenadamente, logo pela manhã as pessoas aguardavam pela sua vez nas máquinas multibanco, na esperança de levantar os 60 euros diários permitidos; pela aparente calma e descontração com que diariamente continuavam reunidos nas esplanadas e a passear nas ruas. Sem sobressaltos e apesar das restrições e das novidades das eleições, a vida decorria normalmente nas ruas de Atenas, no trânsito, no comércio e nas escolas, com séria exceção da zona do Porto Pireus onde fomos jantar um dia. Apercebemo-nos da chegada de barcos repletos de jovens que, certamente com problemas mais emergentes do que a crise europeia, pernoitavam ao luar nas ruas e jardins – uma visão assustadora de um futuro incerto e de mudança de paradigmas no séc. XXI. Já eram os refugiados de que ainda mal se ouvia falar, mas que começavam a chegar à Grécia em grande escala...

Em resumo, foi uma experiência diferente, num tempo de componente estocástica, de diversidade, de abertura de horizontes de partilha, de inspiração académica, científica e tecnológica. Emergem oportunidades de investigação conjunta, com a partilha de conhecimento em rede, a exploração e enriquecimento do saber sem fronteiras. A experiência Erasmus + é de repetir e recomenda-se vivamente!
Terei o maior gosto em ajudar a esclarecer colegas, funcionários e estudantes acerca do modo de funcionamento da participação no Erasmus + que, independentemente do País e universidade, tenho constatado tornar-se sempre numa experiência fantástica e memorável!
Poderão sempre contactar-me para o email teresa.oliveira@uab.pt.
Saudações a todos e participem no ERASMUS +!

Prof.ª doutora Teresa Oliveira
Docente do Departamento de Ciências e Tecnologia (DCeT) da Universidade Aberta



Mais notícias...

Reitor da Universidade Aberta reeleito para 2.º mandato
Candidaturas a licenciaturas até 13.11
Mestrados, Doutoramentos e Cursos de ALV: candidaturas
Propinas: 3.ª prestação em pagamento até 30.11
20.º Aniversário do Mestrado em Estudos sobre as Mulheres
A UAb disponibiliza a sua TV online (tv.uab.pt)
V Encontro Nacional de Provedores do Estudante
Conferência Redes Sociais em Educação para a Saúde

Ver Newsletter

 © Universidade Aberta 2008    Otimizado para: Resolução 1024x768 / Internet Explorer 7 / Firefox 3