Notícia



Novo projeto da UMCLA reforça rede dos CLA

Notícia

Um projeto que permita à Universidade Aberta (UAb) estreitar relação com a sociedade, consolidar a proximidade entre a academia e o mundo não académico e que seja um baluarte no campo da investigação científica com aplicabilidade nos territórios. São estes os grandes pilares que irão nortear o novo Projeto de Desenvolvimento dos Centros Locais de Aprendizagem da Universidade Aberta, 2016-2022, que foi apresentado de forma oficial aos coordenadores dos CLA e a todos os elementos da UMCLA – Unidade de Desenvolvimento dos Centros Locais de Aprendizagem.



A apresentação do novo Projeto foi liderada pelo vice-reitor da UAb, Professor Doutor Domingos Caeiro e, pela primeira vez, o encontro dos CLA e da UMCLA decorreu de forma descentralizada, tendo por base a delegação regional da Universidade Aberta em Coimbra. O vice-reitor referiu que existem várias áreas de intervenção que estão a ser preparadas em articulação com os CLA. Quanto à investigação, a sua promoção ou a integração de projetos voltados para as especificidades das comunidades em que se inserem os CLA, decorrerá através da Unidade Móvel de Investigação em Estudos do Local (ELO). O reitor da UAb, Professor Doutor Paulo Dias, recordou a importância dos Centros Locais de Aprendizagem na estratégia global da UAb, permitindo que a Universidade Aberta esteja presente em múltiplas latitudes de forma efetiva. Saudando o projeto que se anunciou, o reitor considerou ainda que os CLA são uma nova materialidade que emerge do digital, dando corpo ao modelo pedagógico de e-learning que é a marca distintiva da UAb.
Focada na questão do futuro do ensino superior em Portugal, a vice-reitora, Professora Doutora Carla Oliveira, recordou que está em curso uma avaliação do ensino superior e que, neste segundo ciclo de avaliação, as instituições serão avaliadas pelo seu desempenho global, considerando por isso fundamental que a UAb cumpra referenciais de qualidade, siga o guião de autoavaliação institucional e consiga boas taxas de envolvimento dos estudantes nessa avaliação. E isso, considerou, passará muito pela relação que os CLA conseguirem estabelecer com os estudantes, sendo a face mais visível da UAb no terreno.  



 © Universidade Aberta 2008    Otimizado para: Resolução 1024x768 / Internet Explorer 7 / Firefox 3